Rebrand: é hora de mudar o logotipo?

Mudar a identificação visual de uma empresa que já existe no mercado e a forma como os clientes a reconhecem é assunto sério e não dá chance para tentativas de erros e acertos.

Por isso, antes de qualquer arrobo de mudança, é preciso avaliar o momento certo para o rebrand (termo internacionalmente conhecido para processos de mudança de marca).

O ideal é alterar a identidade visual e verbal da empresa quando ela também estiver passando por mudanças significativas. Pode ser uma considerável evolução de processos e inovação (que resultará em novos serviços ou na redução de preços, por exemplo), alterações na estrutura da empresa ou anúncios de expansão e crescimento, a entrada em novos mercados, e aí por diante. Movimentos como esses são um prato cheio para comunicar interna e externamente que a marca está evoluindo e que tem um novo posicionamento.

qual_a_sua_definicao_de_marca_01

As mudanças devem ocorrer de forma consciente, além de, claro, contar com um bom planejamento de branding para evitar transmitir uma ideia errada de que a marca perdeu a sua essência.

Em que outros casos eu devo fazer alterações no logotipo?

Além dos momentos citados acima, algumas vezes a mudança na identidade visual da empresa é necessária para que a marca fique mais adequada aos valores da instituição.

Não é raro encontrar empresas que possuem logomarcas sem ligação alguma com o seu ramo de atividade ou que transmitem mensagens desconexas com seus valores.

Nesses casos, a percepção de que algo precisa ser feito é fundamental para reposicionar o negócio em seu mercado de atuação.

Marcas de produtos também passam frequentemente por processos de rebrand. Isso porque o ciclo de vida de alguns produtos mudou radicalmente nos últimos anos, em função do desenvolvimento tecnológico. Isso obriga as marcas a responderem com inovação no produto e na sua identidade.

Alguns quesitos para repensar um logotipo

Infelizmente não existem fórmulas prontas que indiquem o momento exato de se atualizar um logotipo ou modificá-lo. Porém, você poderá fazer alguns questionamentos que vão lhe ajudar a perceber como é a imagem da marca atualmente:

  • A marca está em sincronia com a evolução da empresa?
  • A marca destaca-se perante os concorrentes?
  • Quais valores e mensagens eu estou transmitindo com essa marca? E quais valores e mensagens eu quero transmitir com ela?
  • Há quanto tempo essa marca existe com o atual design? Ele parece ‘obsoleto’ ou ainda é moderno e atual?

O problema pode ser sua campanha

Antes de se decidir pelo rebrand, pense se o problema está no logotipo ou nas formas de promoções que tem planejado para a empresa.

Muitas vezes, as ideias errôneas transmitidas sobre os valores das empresas estão mais nas campanhas publicitárias do que no próprio logotipo, em si. Por isso, faça uma análise do que está sendo veiculado em nome da sua empresa e também de como os seus concorrentes estão se posicionando. Tenha em mente o que o seu público espera da empresa e qual é o discurso que essa marca quer transmitir.

Ficou interessado neste assunto e quer saber mais sobre rebrand? Converse com quem entende do assunto. A Tutto Branding e Comunicação ajuda empresas de todos os portes a definir e a divulgar o papel de sua marca no mercado. Aqui você tem um trabalho profissional e de alta qualidade que sua empresa pode pagar. Não espere mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://blogdatutto.tuttocom.com.br/wp-content/uploads/2016/02/shutterstock_524654833-2-1.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}
%d blogueiros gostam disto: